A foto mais famosa do mundo

Charles O'Rear e sua foto Bliss

Existem muitas fotos famosas e icônicas no mundo, algumas que foram tiradas há mais de 50 anos e vistas ou admiradas por pessoas de diversas gerações. Nenhuma, no entanto, é tão famosa, nem foi tão vista, e poucas foram compradas por tanto dinheiro, quanto a foto “Bliss” de Charles O’Rear, e que muitos ainda não sabem que não apenas é uma foto real, como não foi editada…

Quem já usou Windows XP, muito provavelmente já viu a foto abaixo. Ela é o papel de parede padrão do Windows XP, e que a Microsoft chamou de “Bliss”, ou “Alegria” em português. O que poucos sabem é a história por trás dela.

 

 

Papel de parede Bliss, por Charles O'Rear
Bliss, por Charles O’Rear

Charles “Chuck” O’Rear, o autor da foto acima, é um fotógrafo americano profissional, nascido em 1941, residente em St. Helena, Califórnia. Dono de um currículo extenso, O’Rear já trabalhou para diversos jornais, para a National Geographic ao redor de todo o mundo (tendo sido autor de 2 fotos de capa desta revista), e atualmente trabalha para uma companhia de stock photography chamada Corbis Images, de propriedade de Bill Gates (Microsoft).  O’Rear também é autor de 11 livros fotográficos, 10 dos quais são relacionados a regiões vinículas, em especial a do Vale do Napa, Califórnia.

Esta região do Vale do Napa, aliás, foi o cenário para a famosa foto Bliss. A foto foi tirada em 1996, muito antes do Windows XP ser lançado. Segundo o próprio autor, ele estava dirigindo ao longo de uma estrada (HW 121) com um belo morro verde em sua margem, e resolver tirar a foto usando sua Mamiya RZ67 de formato médio. Depois ele enviou a foto para uma empresa de stock photography, Westlight (que mais tarde se fundiria com a Corbis Images).

Em 2001 a Microsoft escolheu sua foto para ser o papel de parede padrão do Windows XP, e a batizou “Bliss”. Os direitos das fotos foram vendidos para a Microsoft. Como foi assinado um contrato de confidencialidade, o valor exato nunca foi declarado, mas o próprio fotógrafo define o valor como “extraordinário”, e na época foi o segundo valor mais caro pago a um fotógrafo em atividade, atrás apenas de uma foto do então presidente Bill Clinton abraçado com Monica Lewinsky, também de 1996.

Como o XP foi um dos melhores Windows (junto com o Seven), o mais pirateado, e como muita gente nunca se preocupava em trocar o papel de parede padrão, é fácil compreender como ela se tornou a foto mais famosa do mundo. Segundo o O’Rear, a Microsoft usou a foto que ele tirou, sem qualquer retoque. Saber disto nos ajuda a aprecriar ainda mais a capacidade fotográfica de Charles O’Rear.

De lá pra cá, muita coisa mudou na região (alguns culpam o aquecimento global), e o belo campo verde deu espaço a mato queimado e nem tão bonito. Para quem quiser tentar recriar a foto, sua localização é conhecida, e pode ser encontrada no Google Maps na coordenada 38.248966, -122.410269.

Esta não foi a única ou última foto que O’Rear vendeu para a Microsoft. Várias de suas fotos podem foram compradas e incluídas no Windows Vista e Seven, e outras compradas pela Corbis. Algumas de suas fotos stock podem ser vistas em sua página na Corbis.

 

Foto de destaque: Autor desconhecido

Posted on: maio 27, by : Alex